Corpo negro de vácuo

Corpos negros de vácuo para ambientes criogénicos ou irradiantes

  • Faixa de temperaturas absolutas dos 100K até aos 425K
  • Utilização de vácuo compatível com revestimentos e materiais
  • Elevada uniformidade e emissividade térmicas

Folheto dos corpos negros de vácuo

Guia de seleção de corpos negros

Livro branco de seleção de corpos negros

Test of a spatial instrument with DCN1000 V

Os corpos negros de vácuo combinam o desempenho de fontes de referência de infravermelhos tradicionais com funcionalidades específicas, por forma a operar numa câmara de vácuo, a temperaturas ambiente ou criogénicas. Eles conseguem emitir ao longo de uma faixa de temperaturas ultra-extensa, e são definidos e controlados com grande precisão.

Uma cabeça emissora compatível com vácuo está ligada a um controlador que se situa fora da câmara. A elevada estabilidade da regulação é assegurada pelo controlo otimizado das perdas através da radiação e da condução.

A elevada emissividade, até 0,999, é obtida graças a um revestimento compatível com vácuo numa estrutura de superfície específica do corpo negro. A temperatura da superfície emissora é medida em tempo real, através dos sensores Pt calibrados de alta precisão.

Estão disponíveis vários princípios de troca térmica, para fins de compatibilidade com outras aplicações, como a caracterização e a calibração radiométrica dos geradores de imagens espaciais e a correção de não uniformidades de sensores de infravermelhos...

Ensaios integrados com o controlador LabVIEW

Labview Driver available

Os sistemas de infravermelhos da HGH disponibilizam um controlador LabVIEW com todas as funcionalidades, para a sua família de corpos negros, compatível com o LabVIEW v8 ou uma versão mais recente, e para todas as ligações de comunicação, Ethernet, RS232 e IEEE.

O fornecimento inclui todas as IVs necessárias, diretamente acessíveis a partir do menu do LabVIEW. Estas funções permitem ao operador enviar um ponto de referência de temperatura, ler a atual temperatura, verificar o estado de estabilização e muitas outras funções.

O fornecimento inclui ainda um programa exemplo, criado com as IVs disponíveis.

Graças a este controlador, todos os corpos negros da HGH são totalmente controláveis e podem ser integrados em complexos bancos de ensaio que executem rotinas automáticas de caracterização de infravermelhos.

Labview-VIs