Manutenção e poupança de energia em fábricas de cimento

Os scanners de fornos, que monitorizam continuamente a temperatura da armação do forno, comprovaram que desempenham um papel fundamental no desempenho económico do processo de produção de cimento.

Thermal mapping of kiln shell

Desafios

Na indústria do cimento, poupar nos custos operacionais está em parte associado à noção de manter o equipamento a funcionar durante mais tempo e com maior eficiência, reduzindo o risco de paragens inesperadas e otimizando as operações de manutenção preventiva. A armação do forno tem de ser mantida sob especial vigilância.

Sensores infravermelhos de alto desempenho conseguem fornecer dados de temperatura em tempo real sobre a armação do forno enquanto está em rotação. Estes permitem aos operadores da sala de controlo a manter a armação do forno sob uma vigilância apertada 24/7 e, através do visor do mapa térmico da armação, mostrar quando são atingidos níveis de alarme em parâmetros críticos, como a deteção de pontos quentes, derrapagem fora de intervalo ou perda de revestimento.

Contudo, os scanners térmicos não são apenas ferramentas de aviso de emergência. Eles podem integrar funcionalidades valiosas, úteis para o coordenador da manutenção, para agendar medidas preventivas e aumentar a vida útil do forno.

Solução

Download dos nossos casos de estudo

Os scanners e câmaras da HGH permitem a monitorização de todo o processo de aquecimento. Combinando os dados em tempo real com os dados armazenados sobre os parâmetros críticos do forno, como o mapa de temperatura global, espessura dos tijolos e do revestimento, velocidade do forno, derrapagem das rodas e deformação térmica, o Kilnscan fornece medições precisas:

  • Para monitorizar a atividade do forno
  • Para revelar tendências
  • Para agendar operações de manutenção preventiva

Vantagens

Os sistemas HGH são apenas ferramentas de aviso de emergência, eles podem apoiar o pessoal da manutenção a estabelecer um programa de manutenção preditiva.