Deteção de veiculos aéreos não tripulados

Ao longo dos últimos dez anos assistimos ao aumento dramático da popularidade, acessibilidade e número de pessoas que adquirem pequenos veículos aéreos não tripulados de utilização comercial ou recreativa. Em 2020, a Administração Federal de Aviação (FAA) espera que o número de veículos aéreos não tripulados a voar nos EUA atinja os 30,000. Este número é preocupante, tendo em conta o recente número de incidentes que envolvem veículos aéreos não tripulados que voam ou aterram na proximidade de infraestruturas críticas em todo o mundo - a Casa Branca, o gabinete do Primeiro-Ministro do Japão, a ponte Golden Gate, centros nucleares em França, estabelecimentos prisionais, como forma de entrada de contrabando - apenas para referir alguns exemplos. As medidas de segurança tradicionais, como os sensores acústicos ou os radares, não detetam a baixa velocidade nem a assinatura de baixo eletromagnetismo de pequenos veículos aéreos não tripulados, tornando as tecnologias inconvencionais e mais modernas, como a tecnologia de infravermelhos térmicos, a melhor opção disponível para a deteção de estas novas ameaças que possam prejudicar pessoas ou destruir infraestruturas críticas.  

Drone flight over a nuclear power station

Desafios

  • As pequenas dimensões e a assinatura de baixo eletromagnetismo dos veículos aéreos não tripulados não são registadas pelas medidas de deteção mais tradicionais, como os radares
  • Atualmente, a acessibilidade e os baixos custos permitem a qualquer pessoa interessada obter e voar um veículo aéreo não tripulado
  • Os paramotores, habitualmente usados para contrabandear droga na fronteira sul dos EUA são difíceis de detetar e podem transportar centenas de quilos de carga útil
  • As medidas de deteção também são mais suscetíveis às condições climatéricas

Solução

Download do nosso livro branco sobre veículos aéreos não tripulados

Baixe nosso estudo de caso sobre enxames de drones

Com a tecnologia de imagens de infravermelhos térmicos da Spynel, é impossível que um veículo aéreo não tripulado não seja detetado: qualquer objeto quente ou frio será visto pelo gerador de imagens térmicas, tanto de dia como de noite. Trabalhando em sincronia com o software avançado de deteção de intrusão Cyclope, a deteção automática e o rastreamento de um número ilimitado de alvos (tanto ameaças aéreas, terrestres ou marítimas) ajudam a assegurar que nenhum evento escapa ao longo de uma área extensa e de longo alcance. A classificação básica de alvos (terrestres ou aéreos) baseia-se na calibração da elevação e em todos os alvos aéreos são representados por um pequeno ícone de avião. As imagens térmicas permitem a vigilância diurna e noturna, mas também garantem a capacidade de ver qualquer objeto, mesmo considerado furtivo, quer seja quente ou frio.

Vantagens

Campo de visão panorâmico de 360 graus

O campo de visão (FOV) panorâmico de 360 graus do Spynel e as capacidades de monitorização de IV contínua asseguram que nada escapa, tanto de dia como de noite. As câmaras do Spynel captam imagens de infravermelhos em simultâneo em todas as direções, graças às suas câmaras FOV horizontais de 360 graus não tradicionais, com FOVs horizontais, eliminando o efeito de "olhar através de uma palhinha".

Deteção e rastreamento automáticos de intrusos

A deteção e o rastreamento automáticos de intrusos permitem ao utilizador navegar rapidamente toda a imagem panorâmica de 360 graus, para fazer zoom em áreas de interesse.

Sinal passivo

Os sistemas Spynel são passivos, ao contrário de radares, que emitem ondas eletromagnéticas.

Funcionamento plug-and-play adaptativo e flexivel

Por norma, os sistemas Spynel são soluções leves. As câmaras podem ser transportadas com facilidade e podem ser montadas rapidamente, para funcionarem com um único laptop. É possível integrar sistemas de alimentação elétrica solar ou alternativos, para permitir uma operação sem ligação, remota.

Interface intuitiva

O Cyclope foi concebido para fornecer imagens de vigilância simples e eficazes aos operadores, de todos os níveis. Com uma formação mínima, um utilizador pode aceder às janelas de imagens panorâmicas, de deteção de ameaças e de zoom digital. A monitorização de zonas automática pode ser ajustada para panoramizar intrusões e rastrear ameaças à medida que aparecem. As paletes de cores personalizadas e os layouts dos visores podem ser ajustados para maximizar a visibilidade e a eficiência.

MIL 810 STD – EMC MIL 461 STD

As câmaras Spynel são estanques ao ar, revestidas e pintadas de forma a resistirem a temperaturas muito extremas e a luz solar direta. Em termos mecânicos, todos os componentes estão protegidos dos elementos, e não é necessária praticamente nenhuma manutenção.

Análises do ambiente e do cenário

O Cyclope foi concebido para aprender e compreender distúrbios ambientais naturais, para ajudar a eliminar falsos alarmes indesejados. Clutter de superfície (clutter terrestre ou marítimo), point clutter (objetos voadores de dimensões mais reduzidas, como pássaros) e condições climatéricas que podem causar um elevado nível de alarmes de falsos negativos são analisados e ignorados pelo sistema de deteção de intrusão.

Capacidades forenses

É possível reproduzir dados e gravações, como vídeos simples, ou então podem ser totalmente personalizados e manipulados, para reconstruir cenários anteriores. A sensibilidade e os dados de alarmes podem ser repostos e pode ser utilizado uma nova configuração de visualização. Os dados podem ainda ser comprimidos para o armazenamento de tabelas a longo prazo.